10 Anos de Wikidata

Fonte: Wikimedia Portugal
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Wikimedia Portugal.svg

10 Anos de Wikidata
Evento integrado nas celebrações do Mês da Ciência Aberta,
na NOVA FCSH



WD10 - square background - heart shape - light.jpg

Sobre[editar]

Poster do evento

A comemoração do 10º aniversário do Wikidata é um evento integrado na Semana Internacional do Acesso Aberto da NOVA FCSH.

Programa[editar]

Programa
10h00 Wikidata para principiantes, por Rute Correia (Wikimedia Portugal/NOVA FCSH)
11h00 Oficina: Como editar o Wikidata, por Rute Correia (Wikimedia Portugal/NOVA FCSH)
12h00 Oficina: OpenRefine for Beginners, por Jan Ainali (Foundation for Public Code)
Intervalo
14h30 Wikidata for Open Access to Cultural Heritage, por Susanna Ånäs (AvoinGLAM)
15h30 Abertura de coleções de museus através das plataformas Wikimedia, por Luís Ramos Pinto (museólogo e historiador de arte)

Descrição das sessões[editar]

10h00 - Wikidata para principiantes, por Rute Correia[editar]

O Wikidata é o armazém de dados ligados e estruturados dos projetos Wikimedia. O sistema permite ligar qualquer par de entidades através de declarações, permitindo conciliar bases de dados e grafos de conhecimento, entre muitas outras utilizações. Esta é uma sessão introdutória sobre a plataforma.

Sobre a oradora: Rute Correia é a wikimedista em residência na NOVA FCSH (uma parceria com a Wikimedia Portugal). Conta quase quinze anos em projectos ligados ao movimento livre. Teve um podcast dedicado a música sob Creative Commons, integrou o programa de liderança aberta da Mozilla e fundou o Interruptor, o primeiro órgão de comunicação social português com foco em jornalismo de dados sobre cultura.

11h00 - Oficina: Como editar o Wikidata, por Rute Correia[editar]

Entidades, propriedades, declarações. Criar e editar dados no Wikidata não é difícil e pode ter um forte impacto na descoberta de informação. O foco desta sessão estará na criação e edição de entidades na plataforma, bem como na demonstração de algumas ferramentas úteis como o Wikidata Query Service.

Sessão prática; é recomendável o uso de computador.

12h00 - Oficina: OpenRefine for Beginners, por Jan Ainali[editar]

Conciliar grandes conjuntos de dados com o Wikidata não tem de ser uma tarefa complexa, graças ao OpenRefine. Esta ferramenta de código aberto pode ser utilizada para a conciliação de dados, bem como edição e criação de entidades na plataforma. Jan Ainali apresentará a ferramenta e demonstrará como pode ser utilizada. Sessão em inglês.

Sobre o orador: Jan Ainali trabalha para a Foundation of Public Code, onde desenvolve ferramentas e processos que configurem as melhores práticas na partilha de código publico. Foi assessor político no Parlamento Europeu, tendo trabalhado maioritariamente na reforma do direito de autor. Foi CEO da Wikimedia Sverige, sendo co-fundador desse capítulo da Wikimedia.

14h30 - Wikidata for Open Access to Cultural Heritage, por Susanna Ånäs[editar]

Qual a importância do Wikidata na abertura de património cultural? E como pode o sistema ser um aliado neste contexto? Susanna Ånäs detalhará casos de estudo na promoção do acesso aberto ao património cultural, com foco na utilização do Wikidata. Sessão em inglês.

Sobre a oradora: Susanna Ånäs trabalha na área da abertura do património cultural há mais de uma década, estando associada ao movimento OpenGLAM (galerias, bibliotecas, arquivos e museus). Foi coordenadora GLAM e gestora de projectos na Wikimedia Suomi. Atualmente, coordena a AvoinGLAM, comunidade finlandesa dedicada à abertura das GLAM, interligando instituições como a Wikimedia, Open Knowledge e Creative Commons.

15h30 - Abertura de coleções de museus através das plataformas Wikimedia, por Luís Ramos Pinto[editar]

As coleções de museus não têm de estar confinadas às instituições que as abrigam. Luís Ramos Pinto partilhará parte da sua experiência na abertura destas coleções ao mundo, utilizando ferramentas e plataformas Wikimedia. Um desses exemplos será a coleção do Museu do Centro Científico e Cultural de Macau que está agora disponível através do Wikimedia Commons.

Sobre o orador: Luís Ramos Pinto é museólogo e historiador de arte, apaixonado pela internet e os enormes benefícios que a mesma pode trazer para o mundo dos museus. Coordenou a maior rede mundial de profissionais ligados ao património digital, a rede da Associação Europeana. Mais tarde, foi assessor da Direcção-Geral do Património Cultural, onde orientou os 22 museus e monumentos nacionais com as suas políticas digitais. Sempre que pode, escreve artigos para promover as questões do Acesso Aberto em jornais como o Público e o Expresso. Recentemente, em parceria com a Wikimedia Portugal, desenvolveu o primeiro projeto GLAM-Wiki de um museu em Portugal. Atualmente trabalha como gestor de projetos de coleções online.

Video da sessão no Youtube: Abertura de coleções de museus através das plataformas Wikimedia